sexta-feira, agosto 23, 2013

De olho na fertilidade masculina


Estamos sempre buscando alternativas que aumentem a fertilidade, de nós mulheres, e damos pouca atenção para fertilidade de nossos companheiros. 
Homens são mais desligados e despreocupados com essas questões. Se em algum momento for cogitado algum problema de fertilidade, na cabeça deles, o alvo seremos nós. Mas é importante dispensar alguns cuidados básicos em relação a saúde dos espermatozoides de nossos parceiros.


Alguns por medo ou por machismo mesmo, chegam a negar buscar ajuda especializada. Com isso um exame de extrema importância para averiguar sua fertilidade, acaba não sendo realizado, e se o problema for dele, acaba ficando sem solução. Sem resultados, o relacionamento do casal pode ser abalado . 

Hoje, já existem no mercado, espermogramas que podem ser feitos em casa, com total discrição e segurança. Motilidade e quantidade são examinadas, e o resultado fica pronto em poucos minutos. Um avanço e tanto para combater a vergonha masculina.


Algumas vitaminas, prometem dar um up na fertilidade dos rapazes . Mesmo não tendo qualquer problema diagnósticado, um reforço é sempre bem vindo.

O zinco tem mostrado bons resultados quanto ao  aumento dos níveis de testosterona quando tomado na quantidade de 15-30mg por dia. Ele também pode ajudar com a contagem de esperma e mobilidade do esperma. A deficiência de zinco pode causar muitos problemas reprodutivos nos homens. Também é possível aumentar a ingestão de zinco através de uma alimentação mais rica em itens como ostras, peru, carne magra, legumes e nozes. 

A L-Arginina ajuda a produzir esperma saudável.  L-Arginina é um ótimo complemento para a saúde sexual e reprodutiva, e pode ajudar a aumentar a motilidade dos espermatozoides. A arginina melhora não só a capacidade de locomoção , como também a quantidade dos espermatozoides. Você pode encontrar arginina naturalmente em alimentos como espinafre, peru e frutos do mar, bem como sementes de gergelim.

A vitamina C é importante para qualquer um , desde de crianças a idosos, principalmente por ajudar na absorção de ferro do organismo, mas se torna ainda mais importante para homens que buscam a paternidade. A vitamina C previne defeitos nos espermatozoides e ajuda a torna-los mais rápidos. Você pode ingerir vitamina C em forma de suplemento, ou pela ingestão de suco de laranja, acerola, limão ou ainda beber suco de caju que tem 3 vezes mais vitamina  C que a laranja, por exemplo. A vitamina C se faz ainda mais necessária para fertilidade de homens fumantes, já que o fumo, é uma das causas para os defeitos nos espermatozoides

A Vitamina E é  antioxidante e uma vitamina de energia que ajuda a neutralizar os radicais livres no sistema masculino, que afetam a qualidade do esperma. Muitas pesquisas  foram feitas sobre a relação da vitamina E e a fertilidade masculina, e o que se descobriu foi  que a vitamina E pode realmente ajudar o esperma  a penetrar com mais facilidade no óvulo.
Em se tratando de quantidade de espermatozoides, duas vitaminas em especial, contribuem para a solução do problema. 

A vitamina A estimula a produção de espermatozoides saudáveis ​​para melhorar a fertilidade. A falta de vitamina A está diretamente ligada a diminuição de esperma. Suprimentos naturais ​​de vitamina A são alimentos como pimentas, principalmente as vermelhas, damascos secos, aveia, verde escuro alface, espinafre, brócolis e cenoura.

Baixo níveil de ácido fólico, é um dos  fatores responsáveis por defeitos congênitos, devido a anormalidades cromossômicas.  Reforçar o ácido fólico contribui para  manter os espermatozoides saudáveis e  ajuda na fabricação dos mesmos. Aumente a ingestão de  alimentos como vegetais de folhas verde-escuras, abacate, cereais integrais, feijão e frutas. Em alguns casos, até mesmo um suplemento de ácido fólico pode ser considerado.

Pé no chão e esperança no coração !




                                Post Patrocinado - BebeVem

Compartilhar:

0 comentários:

Postar um comentário