quarta-feira, abril 23, 2014

Baixa contagem de espermatozoides - Como driblar essa dificuldade

Um homem com uma fertilidade saudável tem entre 20-150.000.000 de espermatozoides por mililitro de esperma. Uma contagem de espermatozoides inferior a 15 milhões diminui suas chances de engravidar.
Ao tentar engravidar sem sucesso, após um tempo, o médico pode executar uma grande variedade de testes no casal. Nos homens o problema masculino mais comum encontrado é a baixa contagem de espermatozoides.
Esse resultado pode ter várias causas que devem ser avaliadas e investigadas pelo médico.



Baixa contagem de espermatozoides

A definição para a baixa contagem de espermatozoides é a quantidade diminuída de espermatozoides encontrados no líquido seminal pós-ejaculação. Em nenhum lugar essa definição diz "não se pode conceber." O homem médio tem entre 20-150.000.000 de espermatozoides por mililitro de ejaculação. Porém só são considerados baixos, valores inferiores a 15 milhões.
Devido a isso as chances são um pouco menores, mas ainda existem. Isto significa simplesmente que você tem que tentar um pouco mais do que alguns outros casais.

Formas naturais de melhorar a contagem de esperma

Depois de descobrir a baixa contagem de espermatozoides, é importante você ouvir todos os conselhos que o médico lhe dará. Porém existem coisas "naturais", que podem ser feitas para melhorar sua contagem de esperma e mobilidade. Quanto mais e mais rápidos eles forem, melhores serão suas chances de alcançar a gravidez esperada.

Alimentos para melhorar a contagem de esperma

Existem alimentos de consumo diário que podem ajudar a melhorar sua contagem de esperma. O zinco encontrado em peru, ostras, carne, iogurte, aveia, milho, sementes de abóbora, frutos do mar e ovos, podem ajudar a aumentar a contagem de esperma. Manter o corpo equilibrado e saudável é o primeiro passo para tornar esta uma viagem bem sucedida.

Acabe com os maus hábitos

Outra recomendação médico para aumentar as chances de concepção é a deixar de lado os maus hábitos. Fumar cigarros, usar drogas, comer excessivamente, não comer, ingestão elevada de álcool, e até mesmo excesso de exercícios pode prejudicar a fabricação dos hormônios e contagem de espermatozoides.

Adote alguns bons hábitos

Evite banhos quentes ou saunas, o excesso de calor mata o esperma enquanto ainda dentro do corpo.

Manter uma dieta saudável e equilibrada, com uma grande quantidade de antioxidantes como a vitamina C, manterá o corpo saudável para a produção de esperma saudável.
Reprodução Assistida

Normalmente, como último recurso, o médico pode recomendar alguma técnica de reprodução assistida. O médico avaliará qual a melhor técnica a ser empregada em seu caso. A medicina hoje dispõe de muitas, entre elas as mais conhecidas, Inseminação Artificial e Fertilização in vitro. Nenhuma técnica garante 100% de sucesso, mas contribui para um aumento significativo de suas chances.



Compartilhar:

0 comentários:

Postar um comentário