terça-feira, agosto 06, 2013

As 8 vitaminas mais importantes para fertilidade

Quando o casal decide que é hora de aumentar a família, chega  o momento de olhar para as necessidades de vitaminas do seu corpo, para diminuir o tempo de espera por uma gravidez. Hoje falaremos sobre as 8 principais vitaminas essenciais para sua saúde nesse momento.



Mulheres e homens ansiosos para engravidar precisam levar em conta suplementos vitamínicos. Não só  são um pré-requisito para um sistema reprodutivo feminino saudável, como são também muito úteis no aumento da fertilidade do casal. Sabendo exatamente como as vitaminas afetam positivamente a fertilidade masculina e feminina percebemos que são mais que necessárias no que diz respeito a alcançar o objetivo de engravidar e manter uma gravidez saudável.

Vitamina E

A vitamina E é a vitamina escolhida para  melhorar o sistema reprodutivo de homens e mulheres de todo o mundo.
Para as mulheres, a vitamina E melhora a qualidade do muco cervical, aumentando assim as hipóteses de implantação dos ovos fertilizados. E, além disso, prolonga a vida do esperma dentro da mulher em cerca de 2 dias, de modo a aumentar as chances de fecundação.

Para o homem, uma dose diária de vitamina E é recomendado, a fim de aumentar a motilidade dos espermatozoides. Fontes naturais de vitamina E são os vegetais verdes, como espinafre e brócolis, óleo de germe de trigo, nozes e amêndoas, oliva e óleo de girassol.

Vitamina C

Este excelente antioxidante também auxilia na fertilidade de ambos os sexos, tendo em conta o papel fundamental que desempenha na concepção. Para os homens, neutraliza os efeitos prejudiciais dos radicais livres sobre a qualidade do esperma, aumentando a sua motilidade.
Para as mulheres, a vitamina C mantém um equilíbrio adequado do sistema endócrino feminino aumentando a fertilidade, em particular, no caso de mulheres que têm níveis baixos de progesterona. (Mulheres com Sop tem maior dificuldade na produção adequada de progesterona)

Também reforça o equilíbrio entre níveis de estrogênio e progesterona. Ensaios clínicos em mulheres provaram que as chances de engravidar dobraram após o tratamento com vitamina C.
A vitamina C pode ser encontrada em fontes naturais de alimentos como laranjas, limões, limas, brócolis e tomates.



Ácido Fólico

O ácido fólico é uma vitamina essencial tanto durante a pré-concepção e gravidez, pois pode prevenir má formação em seu bebê, incluindo defeitos congênitos associados com o desenvolvimento do cérebro e espinha no bebê. Além disso, esta vitamina promove um aumento da qualidade ovariana, agindo diretamente na  fertilidade das mulheres  preparando  seu corpo para a gravidez. A suplementação com ácido fólico é muito benéfica, uma vez que apenas 50% do ácido fólico encontrado na comida ingerida pode ser adequadamente absorvido pelo corpo humano.

As fontes naturais incluem espinafre, brócolis, beterraba e aspargos. Doses de suplementação são 5 mg por dia.

A vitamina B6

Vitamina B6 oferece suporte adicional em termos de aumento de fertilidade porque equilibra os níveis hormonais. Vitamina B6 concentra-se principalmente em corrigir os baixos níveis de progesterona de mulheres afetadas pelo defeito da fase lútea . Principalmente mulheres em que a fase lútea não é longa o suficiente para sustentar uma gravidez bem sucedida. A nível de progesterona normal é essencial para manter a gravidez caso contrário, poderia levar a um aborto.

A vitamina B6 pode ser encontrada naturalmente na maioria dos legumes, cereais integrais e bananas. Doses de suplementação sugerem 50mg por dia.

Vitamina B12

A vitamina fundamental para melhorar a fertilidade, a vitamina B12 aumenta a ocorrência de ovulação, sendo particularmente útil para mulheres que não ovulam com frequência, tornando mais difícil para tentar engravidar. Vitamina B12 também melhora o revestimento interior do útero, criando, assim, um ambiente favorável para a implantação dos ovos fertilizados.

A vitamina do complexo B pode ser adicionado à sua ingestão diária, para trazer uma quantidade suficiente de ambas as vitaminas B6 e B12.

A vitamina D

A vitamina D é essencial para a fertilidade de homens e mulheres. Ela estimula os níveis de estrogênio e progesterona, regula a menstruação e melhora a viabilidade de espermatozoides, reforçando assim um bom resultado.

Além disso, a vitamina D é uma vitamina essencial durante a gravidez, com estudos demonstrando a sua utilização muito eficaz  para diminuir o risco de aborto e parto prematuro, bem como o risco de outras complicações da gravidez.

Omega-3 e Omega-6 ácidos graxos

Os ácidos graxos como Ômega-3 e Ômega-6 são muito úteis na fertilidade feminina e durante a gravidez. Ter um nível suficiente de ácidos graxos em seu organismo  é o que  pode impedir a ocorrência de aborto e  parto prematuro.
Fontes naturais desses ácidos graxos mais comumente incluem sementes de linhaça, óleo de peixe, azeite de oliva, óleo de girassol, sementes e nozes e abacate.


Dando um empurrãozinho na fertilidade

Existem outros  suplementos extremamente úteis para mulheres e homens interessados ​​em conceber. Inclui-se nessa lista o  aumento de minerais como zinco, selênio e ferro que garantem o equilíbrio normal dos níveis de estrogênio e progesterona, além de agir diretamente nos espermatozoides masculinos. A suplementação de vitamina adequada é importante para qualquer casal tentando superar as dificuldades relacionadas com a sua fertilidade , basta dar a devida atenção a alimentação e complementar a dieta com vitaminas e suplementos que ajustem a fertilidade do casal.

Pé no chão e esperança no coração !

Compartilhar:

Um comentário: