domingo, junho 12, 2011

Candidíase ! Candidíase na Gravidez



Candidíase de um modo geral 



A candidíase é uma infecção causada mais comummente pelo fungo Cândida albicans. É um fungo que naturalmente faz parte de nosso organismo, porém nas condições adequadas (umidade, calor e baixa resistência) se prolifera de forma desordenada causando uma infecção. É um fungo oportunista que se aproveita da baixa de resistência de seu organismo para atacar. Alguns fatores em específico facilitam a disseminação desse fungo . São eles:





Causas da Candidíase



Durante a gestação( por conta do aumento dos estrogênio a vagina produz mais glicogenio, que por sua vez altera o ph vaginal dando melhores condições a proliferação do fungo), menopausa ( diminuição hormonal que deixa o meio vaginal desprotegido), distúrbios como diabetes(causa o aumento de açúcar na urina e no meio vaginal , deixando-a mais ácida), higiene pessoal ( má higienização, permitindo que fungos do ânus atinjam a vagina. E pode acontecer em banhos de assento, em que o fungo do ânus entra em contato com a água e pode assim atingir a vagina), antibióticos(destroem bactérias de defesa do organismo), corticóides(age inibindo a liberação de enzimas de certas células que habitualmente combateriam os fungos) anticoncepcionais( os motivos são os mesmos de uma gravidez) e transmissão sexual( o parceiro contaminado transmite os fungos. 



A camisinha só protege parcialmente. Pode ainda ser transmitido por via  oral.  Ocorre também , com casais que fazem penetração anal -vaginal, permitindo que fungos do ânus penetrem na vagina pela penetração sem higienização adequada do pênis).




A cândida ainda pode ser adquirida através do compartilhamento de roupas intimas, toalhas e em banheiros públicos. Por isso tomem cuidado também com suas crianças, principalmente as meninas, que infelizmente também não estão livres desse problema. Deve-se ainda evitar o uso contínuo de calça jeans e roupas apertadas. Prefira sempre calcinhas de algodão. Passe o fundo das calcinhas e sempre que possível , durma sem calcinha. O fungo prefere lugares úmidos e abafados.


Candidíase oral
Sintomas da Candidíase



Mulheres


- Coceira na vulva e no canal vaginal
- vermelhidão na vulva ( parte de fora da vagina)
- ardor ou incomodo ao urinar
- corrimento branco,  espesso e normalmente sem cheiro ( semelhante a leite coalhado)



Homens




- coceira e ardor na glande ( cabeça do pênis)


- bolinhas vermelhas
A grande maioria dos homens não apresenta sintomas , mas devem ser tratados junto com suas parceiras.

Candidíase na gravidez

Muitas gestantes sofrem com a Candidíse durante a gravidez, e o medo de afetar o bebê faz com que muitas de nós tenham medo de tratar esse mal com pomada e medicamentos  indicados pelo médico. Esse foi meu caso.
Em minha primeira gravidez, os sintomas tiveram início no quarto mês de gestação e se agravaram numa velocidade impressionante. Jovem, inexperiente e temendo pela saúde do meu bebê , não fiz o uso adequado do medicamento receitado pelo meu médico e o resultado foi desastroso. O fungo causou uma ruptura prematura da bolsa d'água , perdi liquido lentamente sem perceber e com 32 semanas o parto foi inevitável. Isso tudo poderia ter sido facilmente evitado se eu tivesse me tratado de forma correta.



Converse com seu Go sobre os medicamentos que podem ou não ser usados na gravidez , e jamais use pomada ou medicamento indicado por um conhecido ou amiga. Use a pomada recomendada por seu GO.


Não deixe de se tratar.



No caso de uma candidíase não tratada durante a gestação, além da bolsa rota (ruptura da bolsa) , você pode transmitir a candidíase para o seu bebê ainda no útero. Chamada de candidíase cutânea congênita, apesar de rara, pode afetar o bebê .Tendo como evidência manchas brancas no rosto, pescoço e tronco do bebê bem aparentes no nascimento ou logo nos primeiros dias de vida.
O bebê pode ser infectado ainda , na hora do parto. Ao passar pelo canal vaginal, no parto normal, a criança tem contato com o fungo e é infectada por ele. Os prematuros são mais suscetíveis ao contágio.
Um grande site, famoso, e aparentemente confiável, vem vinculando a informação de que não é possível infectar o bebê durante a gestação. Pesquisem sobre a candidíase cutânea congênita e se informem. De fato é algo raro, mas de conhecimento dos médicos, portanto é algo real.
Bebê contaminado no parto


             






Cura natural da candidíase

A ingestão de carboidratos pode aumentar a acidez vaginal, por esse motivo uma dieta com diminuição frituras, doces, massas, alguns legumes como batata, cenoura, beterraba, farináceos, enlatados e frutas com muito açúcar é essencial.



A forma natural mais eficiente de se combater a cândida é limpando o sistema digestivo. Para isso você deve abusar da ingestão de água e fibras. Abuse de vegetais- A melancia e o pepino são muito bons porque ajudam o corpo e eliminar água, refrescam e produzem limpeza. Ainda, chuchu, jiló, vagem, maxixe, rabanete beterraba, abóbora, nabo comprido, cenoura, aipo, celeríaco, pastinaca, couve rábano, cebola, alho, gengibre, alho-poró, broto de alfafa, broto de feijão, broto de bambu, todas as folhas, algas marinhas (rejuvenescem e matam fungos).



Outros Alimentos e vitaminas que atuam contra a candidíase ( dieta contra candidíase)

Alho e cebola- antinflamatório e antifungíco
Cravo , ginseng e canela ( exceto para gestantes)
Ácido caprilico, presente no óleo extra virgem de coco
Alimentos ricos em clorofila - verduras verde escuras por exemplo
Maça
Chá de unha de gato,  dente de leão, camomila, boldo, alcaçuz, tachagem, alecrim , tomilho, melissa e alcachofra ( exceto para gestantes)
Tomar suplementos vitamínicos para fortalecer a imunidade
Glutamina - estimulante imunológico
Probióticos - atacam bactérias ruins e fungos
Ómega 3- encontrada no óleo de peixe, prímula e linhaça
Pólen de Abelha
Gengibre
Romã

Como aliviar os sintomas da candidíase

Para aliviar os sintomas que incomodam como a coceira e ardor faça um banho vaginal com chá de orégano quantas vezes puder. O ideal é no minímo 3 vezes ao dia. Como o banho de assento é contra indicado, pois ficar sentada na bacia com o chá o contaminaria de forma a inutilizar sua eficácia, o ideal é que se faça uma ducha vaginal com esse chá . Se você não tiver a bisnaga própria para duchas vaginais , lave a vagina com chá, jogando o líquido aos poucos e lavando sua vagina com ele.
1 litro de água para um punhado de orégano
Muitas mulheres fazem a lavagem com vinagre, o que alivia sintomas como a coceira, porém ele destrói os lactobacilos vaginais, que são importantíssimos para o controle do ph vaginal. Esse descontrole deixa o meio vaginal desprotegido, podendo assim ser atingido por outras enfermidades.

Faça compressas frias ou geladas com o chá de orégano ou camomila, o gelo também pode aliviar temporariamente os sintomas.
Outro poderoso remédio caseiro contra a candidíase é o iogurte natural. Introduza na vagina em temperatura ambiente 25 gr de iogurte com uma seringa (sem agulha) de tamanho médio , duas vezes por dia, durante três dias. O iogurte vai estabilizar o ph vaginal, auxiliando no combate ao fungo.

Gestantes devem consultar seu médico a respeito de duchas vaginais. A lavagem superficial da vagina é liberada.

Tratamento 

É muito importante que você passe por uma avaliação médica e faça um tratamento alopático( com medicamentos) e seja feita uma manutenção por meios naturais para que a candidíase não retorne.
O médico lhe indicará medicamentos para combater o fungo, e pomada para controlar a contaminação e aliviar os sintomas. Seu parceiro também deverá ser medicado. 

A dieta natural indicada,  é muito eficaz para mulheres que tem candidíase recorrente, ou seja , mal se curam de uma e outra já aparece. Muitas vezes a pessoa nem foi curada, os sintomas apenas diminuíram.
O ideal é que um tratamento auxilie o outro, a medicina alopática traz uma cura mais rápida, e com o tratamento natural você fará uma manutenção e prevenção contra a candidíase.

Pé no chão e esperança no coração !!!

Tatiana da Costa 

Compartilhar:

Amigas à Flor da Pele