sexta-feira, março 25, 2011

Porque a ansiedade atrapalha a engravidar ?

Meses ou anos de tentativa e nada acontece. O médico afirma que tudo está ok com o casal, você controla a ovulação. Temperatura basal, testes de ovulação, muco cervical, tudo em ordem, coito no dia certo e ............ nada. No fim de tudo a visita mensal da Dona M aparece e a frustração é total. É então que aparecem as chatas, amigas, parentes, médicas e sabe-se lá mais quem afirmando que a vilã da tua história é você mesma. 

Revolta geral ....como assim eu mesma ? " A tua ansiedade está te atrapalhando!" é a frase que então surge, e ao invés de um -" Ah , agora eu entendi porque ainda não engravidei" , você se pergunta o que a porcaria da ansiedade tem a ver com tudo isso. Para acabar de vez com essa dúvida vai aqui um esclarecimento claro e lógico sobre como a ansiedade que te enlouquece , mexe com teus hormônios e estraga os teus planos.

A vontade desesperada de engravidar faz com que a grande maioria das mulheres mudem sua rotina, seu foco, seus pensamentos e  principalmente mude a sua maneira de sentir o mundo. Exagero? Não mesmo. 

Quem  está nessa luta sabe bem do que estou falando.  Impossível pensar em outra coisa. São barrigas imensas que de repente surgem do nada e de toda parte em sua direção, parece que o mundo todo resolveu engravidar só pra te afrontar e te provar que consegue antes de você. 

No trabalho ao invés de desempenhar o seu papel com eficiência da forma que fazia antes,  passa horas e horas na frente do computador atrás de DICAS PARA ENGRAVIDAR. Se o marido não esta afim ou esta doente bem no dia da ovulação, sai de baixo que a casa vai  cair para o pobre infeliz , afinal 365 dias no ano e ele resolve ficar doente bem nesse dia, escolhesse outro. A prima chata engravidou. Nossaaaa .... Deus está mesmo contra  você.

O que você não percebe é que, mudando sua rotina, trazendo as tentativas de engravidar para o palco principal da tua vida,  você deixa de ser prioridade e passa  a ser coadjuvante dentro de si mesma. Olha que doideira é isso. 

Você se esquece de você e só pensa em alguém que ainda nem existe. Tudo fica em segundo plano, inclusive a parte mais importante para te ajudar a alcançar seu objetivo , seu companheiro. Parece que de certa forma culpamos eles por não ter dado certo aquele mês.

O fato é que você deixou a ansiedade te dominar e ela aos poucos está minando as tuas chances, invadindo teu corpo de uma forma que você nem imagina. Essa tal ansiedade , descontrola os teus hormônios, não é a toa que muitas passam a ter ciclos irregulares depois que decidem engravidar. 

Muitas me dizem que o ciclo era hiper regular e quando liberaram os treinos para a gravidez, a coisa degringolou e o ciclo enlouqueceu. Pudera , hormônios enlouquecidos tentando fazer o seu trabalho.  

A ansiedade também altera o ph vaginal, deixando a vagina mais ácida. Vagina ácida mata os espermatozoides, e sem eles para fecundar o óvulo, nada feito.

Na hora do amor, você ao invés de curtir o momento e viver as emoções dessa relação, só pensa no momento em que o parceiro vai liberar os peixinhos para fecundar o seu óvulo, e se pega pensando se o óvulo já esta lá para encontrar os espermatozoides. O parceiro lá, num baita desempenho atlético e você só pensando na maratona que vai acontecer dentro de você depois do coito. 

Aí minha querida é que a coisa fica ainda mais complicada. A ansiedade desmedida nesse momento faz com que  seu organismo passe a liberar uma quantidade muito maior de adrenalina, com isso seu corpo todo  fica em estado de alerta , esperando que ocorra um problema a qualquer momento, porque é assim que nosso corpo entende a descarga de adrenalina, ele reage para atacar ou correr da catástrofe que se anuncia. 
Seu corpo todo fica tenso e ao invés de facilitar a natação dos espermatozoides, você complica  tudo e eles acabam nem chegando as trompas.

É importante citar que doses normais de adrenalina , são benéficas durante o sexo, principalmente na hora do orgasmo. O problema é que a pessoa ansiosa, mantem essa descarga de adrenalina quase que constante e isso leva o corpo a uma exaustão física que acaba por baixar a imunidade do organismo.


Se por acaso os espermatozoides driblarem esse estado de tensão corporal e conseguirem fecundar o óvulo, a tal ansiedade pode ainda impedir que a gestação progrida. Para que o embrião  se fixe é necessário que o corpo lúteo envie progesterona para o endométrio, proporcionando uma camada espessa o bastante para que ele se segure por ali e se desenvolva. Se o stress da mãe for alto, pode confundir essa informação hormonal e não enviar quantidade suficiente de progesterona para a evolução saudável da gravidez.


E as complicações não param por aí, depois do dia da relação em que você acredita que possa ter fecundado o óvulo, sua ansiedade cresce ainda mais, liberando muito mais adrenalina e também um hormônio que só devia aparecer em grande quantidade no fim da gestação , a oxitocina. 

Isso ocorre porque seu organismo entende que precisa se acalmar e a oxitocina quando liberada em certa quantidade produz um estado de relaxamento. 
Com a ajuda da oxitocina  seu útero  passa a contrair em demasia. Esse hormônio (oxitocina ou ocitocina) é o responsável pelas contrações da hora do parto. É se contraindo que o útero consegue expulsar o bebê, no caso de uma gestação muito recente o ovo ou embrião. Resultado, seu útero se contrai cada vez mais prejudicando a fixação do embrião e enfim expulsando o ovo fecundado. 

Estudos científicos comprovados atestam que somente 30% dos óvulos fecundados, progridem. Os motivos são muitos, mas grande parte desses óvulos fecundados que são expelidos são justamente consequência de distúrbios causados pela ansiedade. Tenho certeza que você conhece alguém que apresentava sintomas de gravidez, pouco ou nenhum dia de atraso menstrual, e que de repente menstrua normalmente. Grande parte dessas mulheres estavam "grávidas" e nem faziam ideia, mas a gravidez não progride e o óvulo fecundado é expelido como se nada tivesse acontecido e sem que você tenha tomado conhecimento do que quase ocorreu.

Infelizmente  um fato real , a ansiedade atrapalha pacas na hora de engravidar, não é balela e nem desculpa furada de médico que já não sabe mais que tratamento lhe aplicar. As barreiras que a ansiedade cria , vão muito além do emocional , elas produzem reações físicas e hormonais. Portanto você nesse momento é seu maior inimigo, seu maior empecilho. Enfim , Deus não é o culpado.......

Te mandar tomar maracujina não vai resolver o teu problema.Falar é fácil, controlar as emoções é que são elas. Não posso mudar a tua história, mas posso te mostrar um caminho mais fácil com algumas dicas.


       -Procure um hobby
     
     -Seja a sua prioridade, tire tempo para você, se cuide, cuide da mulher              que vive aí dentro
     
      -Esteja de corpo, alma e pensamento na relação com seu companheiro, entregue-se ao momento, deixe para pirar com o resto bem depois.
       
       -Converse com seu médico sobre fitoterápicos para controle da ansiedade
   
   -Faça exercícios, atividades físicas liberam endorfina que causam sentimento de bem estar e alegria.
      
     -Seja feliz e otimista. Você não é uma pobre infeliz que não vai nunca conseguir ser mãe ....existem várias formas de se alcançar a maternidade é só abrir a mente e o coração.





Faça a sua parte e permita que a natureza faça a dela !

Tatiana da  Costa

Compartilhar:

Amigas à Flor da Pele