Estresse aumenta as chances de aborto?


Estresse provoca aborto! Esta afirmação tem sido motivo de controvérsia. O estresse vem sendo suspeito de ser uma possível causa de aborto já há algum tempo, mas não há nenhum estudo com prova contundente de que isso seja verdade.


Mito ou verdade

Alguns muitos estudos forem feitos com a finalidade de esclarecer esse mistério, mas a verdade é que não foi encontrada uma correlação direta entre o aborto e o estresse.

Possível culpado

Alguns médicos acreditam que a ligação entre o estresse e o aborto é o cortisol, hormônio liberado no organismo do individuo estressado.

Os médicos acreditem que em gestantes muito estressadas, os altos níveis de cortisol, eventualmente acabem atravessando a placenta e interferindo no desenvolvimento fetal.

Alguns estudos recentes, realizados com gestantes residentes na zona de guerra de Israel, expostas ao medo e estresse extremo, apontou um aumento de 59% de aborto quando comparado a mulheres também residentes de Israel, porém fora da zona de guerra.

Problemas financeiros aumentam o estresse

Outro estudo, dessa vez realizado na Romênia, um país gravemente afetado por uma econômica, onde os salários foram reduzidos em até 25%, mostrou que o número de bebês meninos era quase 5% menor do que no ano anterior quando o país não passava pelos sérios problemas financeiros. Isso prova que bebês meninos não se desenvolvem tão bem em momentos de estresse quanto os bebês meninas.  

Um fato ainda mais alarmante é saber que  nove meses após os cortes salariais serem feitos, o número de nascidos vivos no país caiu abaixo de 15.000 pela primeira vez em 55 anos, sugerindo que a recessão econômica poderia ser responsável por abortos espontâneos .

Apenas especulação?

Alguns médicos, no entanto defendem a tese de que tudo não passa de especulação. Nada foi evidencialmente provado e o estresse não é o vilão dessas histórias de aborto.

Alguns vão ainda além e garantem que mais prejudicial que o estresse é o fumo, álcool, cafeína e o uso de drogas.

Na dúvida o melhor é tentar se manter zen e procurar maneiras de baixar o estresse , garantindo assim uma gravidez promissora e saudável.

Pé no chão e esperança no coração !
Tatiana da Costa 
Receba Grátis|Ebook Quero Ser Mãe:Tudo que você precisa saber para engravidar naturalmente

Compartilhar:

0 comentários:

Postar um comentário