quinta-feira, outubro 20, 2016

Gravidez de Gêmeos-Possíveis riscos da gravidez de gêmeos


Se chegou até aqui é porque provavelmente está grávida de gêmeos e quer estar bem informada para meses que estão por vir. Antes de falar sobre isso, preciso te dizer que cada gestação é única e não é porque algumas pessoas enfrentaram algumas dificuldades que o mesmo acontecerá com você. O mais seguro sempre é ter uma boa conversa com quem sabe mesmo das coisas, o seu médico.

Se descobrir grávida de gêmeos pode ser emocionante e assustador ao mesmo tempo. Pode ser difícil lidar com a ideia de dar à luz a dois bebê praticamente ao mesmo tempo.

Existem algumas preocupações e riscos de saúde que são importantes citar. Não para que isso vire uma paranoia, mas sim para que você tome todas as medidas necessárias afim de evitar o impacto dessas situações em sua saúde e na saúde de seus bebês. O mais importante no entanto, é ouvir atentamente e seguir as recomendações valiosas do seu médico.

Parto prematuro

Um dos problemas mais comuns que os gêmeos enfrentam é o trabalho de parto e por vezes nascimento prematuro. Isso ocorre quando um bebê nasce antes das 37 semanas de gravidez. Em média, as gestações únicas duram cerca de 39 semanas. No entanto, para aquelas que esperam por gêmeos, a média é de cerca de 36 semanas. Naturalmente, um parto prematuro acontece, alguns cuidados devem ser tomados. O pulmão é o último dos órgãos vitais a estarem completamente formados e pronto para o parto. Por esta razão, os gêmeos que nascem cedo podem apresentar algumas dificuldades respiratórias.

Baixo peso de nascimento

Gêmeos ganham naturalmente menos peso que bebês únicos. Quando nascem antes do tempo tendem a apresentar um pouco menos de peso que o esperado.
Um bebê é considerado com baixo peso quando o peso de nascimento não atinge os 2 quilos.
Bebês com peso inferior a 2 quilos tendem a apresentar complicações de saúde.
Veja bem, isso não é uma regra e muito menos uma verdade absoluta, mas a verdade é que a saúde de bebês de baixo peso é mais frágil e corre mais riscos.

Restrições de crescimento

Outra desagradável consequência de uma gravidez gemelar é a restrição de crescimento intra-uterino. Eventualmente, os gêmeos ficarão sem espaço para crescer e seu crescimento vai parar ou abrandar drasticamente. Na maioria das gestações gemelares isso começa a acontecer ao redor das 30 ou 32 semanas. 

Pré-eclâmpsia

Finalmente, as mulheres que estão grávidas de gêmeos pode ter um maior risco de desenvolver pré-eclâmpsia durante a gravidez. Essa condição ocorre quando a mulher tem pressão arterial elevada , o que pode causar problemas para a mãe e os bebês. 
As mulheres que estão grávidas de gêmeos têm duas vezes mais probabilidade de desenvolver pré-eclâmpsia.

Algumas situações são de fato preocupantes mas que podem não acontecer ou não ter tanto impacto em sua gestação. Embora os riscos sejam maiores em uma gravidez gemelar, é fato que os pontos positivos também surgem em dobre. Amor em dobro pro resto da vida.
Lembre-se de Descansar bastante, comer os alimentos certos e beber muita água.


Tatiana da Costa 

Compartilhar:

0 comentários:

Postar um comentário