quarta-feira, outubro 02, 2013

6 fatores que podem te impedir de engravidar

Se você está com dificuldade para engravidar, pode haver alguma razão desconhecida para isso. Há numerosas razões diferentes de infertilidade e podem afetar tanto os homens quanto as mulheres. Para as mulheres, os problemas mais comuns estão relacionados à ovulação e para os homens os problemas mais comuns estão relacionados com a qualidade do esperma. Se ainda não conseguiu engravidar, mesmo após alguns meses de tentativas, pode haver muitas razões por trás da situação. Tirar conclusões precipitadas não é o caminho a percorrer. Uma consulta médica, é o mais indicado.



Condição pouco saudável


Se você não estiver saudável, você vai enfrentar problemas para engravidar. Sua saúde em geral tem que ser boa o suficiente para engravidar e, em seguida, para suportar a gravidez. Assim, você deve comer bem e ter certeza de descansar adequadamente. Você também deve ser fisicamente ativo, o sedentarismo traz consigo muitas enfermidades. Ao mesmo tempo, o ideal é se livrar de hábitos como fumar e reduzir a ingestão de álcool. Há também muitos medicamentos e problemas de saúde que podem sabotar a sua fertilidade. Estes incluem medicamentos para o tratamento de câncer, doença falciforme, doenças da tireoide, diabetes e doenças renais.

A idade materna

Enquanto os homens ficam cada vez mais férteis através de sua vida, as mulheres com o passar dos anos sofrem uma diminuição em sua fertilidade. Em outras palavras, é mais fácil engravidar entre seus vinte e trinta anos, e é mais complicado engravidar entre os seus trinta e quarenta anos. É importante saber que após os 35 anos, os óvulos já não tem mais tanta qualidade. Isso acontece porque o organismo feminino libera primeiro os óvulos mais saudáveis e com mais qualidade. Nos tempos atuais, as mulheres negam sua fertilidade durante praticamente duas décadas, sem sequer imaginarem que estão desperdiçando suas melhores chances de engravidar. Quando decidem que as outras questões são menos importantes e que existe lugar para um filho em suas vidas, sua condição fértil, mesmo que ainda ativa, pode não ter a qualidade dos anos anteriores.

Ciclos

Os ciclos irregulares podem ser causados por distúrbios hormonais. Existem muitas razões para esses desequilíbrios hormonais e a razão mais comum é SOP ou síndrome do ovário policístico. Ciclos irregulares também podem indicar que você pode não estar ovulando com frequência. Se não houver ovulação, é óbvio que você não pode engravidar.

Trompas obstruídas

Trompa de Falópio é o local onde ocorre a fecundação. Uma vez que a concepção ocorre, o óvulo fertilizado segue para o útero. O ponto de partida de uma gravidez é, portanto, na trompa de Falópio. Se houver um problema com o suas trompas, tais como bloqueios ou líquido infeccioso, a fertilização não ocorre naturalmente e as chances de engravidar são praticamente nulas, não importa o quanto você tente. Mesmo a inseminação artificial não funciona em casos assim. Cicatrizes nas trompas ou os bloqueios ocorrem principalmente devido a infecções, tais como as doenças sexualmente transmissíveis.

Endometriose

A endometriose é outra preocupação que pode dificultar a sua fertilidade.
A dificuldade para engravidar nestes casos varia de acordo com a idade, o grau de avanço da enfermidade e o local onde os focos de endometriose se instalaram.
Se estiverem nos ovários, por exemplo, podem dificultar a ovulação, nas trompas, podem impedir a passagem do óvulo e em alguns casos, pode dificultar a implantação do embrião no útero. 

Má qualidade dos espermatozoides

Problemas com o esperma também são bastante comuns. Cerca de vinte por cento dos casos de infertilidade são devido a problemas com o esperma. Baixa motilidade e baixa contagem de espermatozoides são realmente muito comuns. Em outros casos, o esperma pode ser danificado ou anormal. Se você está tendo problemas para engravidar, seria ideal uma análise completa dos espermatozoides (espermograma) que pode detectar se a falha nas tentativas residem no esperma.

Pergunte a seu médico

É importante que você escolha um médico que possa esclarecer suas dúvidas e responder suas perguntas de forma clara e eficiente. Para que você resolva seus problemas de fertilidade, é essencial que você entenda como seu corpo funciona e como você pode ser capaz de se ajudar e potencializar suas chances de gravidez.

Compartilhar:

3 comentários:

  1. o medico avaliou meus exames essa semana ,, e graças a Deus ta tudo certinho.. amem

    ResponderExcluir
  2. ola!! tudo bem? eu tomava anticoncepcional injetavel. Parei para trocar de medicamento, era para ter aplicado no mes de agosto e a menstruação nao desceu ate o mes de outubro. Durante esse periodo mantive relações com meu esposo e o preservativo estourou por mais de uma vez, fiz testes de farmacia e deu negativo. Resolvi aplicar a contracept novamente, mesmo sem a menstruação descer. porem tenho tido enjoos, dores de cabeça, dores nas costas e colicas semelhantes as de tpm.posso estar grávida???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fez os testes no minimo 15 dias após a ultima relação de risco ?
      Se sim , é provável que o resultado tenha sido seguro. De qualquer forma, aguarde 20 dias após a data da relação de risco e faça um novo teste para tirar a dúvida.

      boa sorte !
      Boa sorte !

      Excluir