quinta-feira, fevereiro 28, 2013

Infertilidade Inexplicável - (ESCA) Esterilidade sem causa aparente.

O maior pesadelo de um casal que anseia por filhos, é sem dúvida uma provável infertilidade.
Embora a adoção já seja uma opção para muitos, a maioria necessita esgotar todas as possibilidades possíveis antes de aceitar dar início a esse processo.
Muitas mulheres tem o sonho de gerar, e isso deveria ser possível para todas,  tão logo assim decidissem, mas nem sempre é.

Diagnosticar sua dificuldade, tratar e enfim realizar o sonho de maternidade, é o que mulheres que passaram tempos tentando engravidar sem sucesso desejam, mas infelizmente não é uma realidade para todas.

Após consultar um especialista, todos os exames possíveis são feitos e refeitos, e o parecer médico diz que tudo está NORMAL.
Isso define a infertilidade inexplicável ou ESCA ( Esterilidade sem causa aparente).
O casal não apresenta nenhum problema , mas ainda assim a gravidez não acontece. A causa é desconhecida ou simplesmente inexistente. É nesse momento que entram os questionamentos quanto a ansiedade. Ela é mesmo capaz de destruir assim as chances de concepção?

Para muitos casais sim. A maior prova disso é a gravidez que acontece após uma adoção, ou simplesmente quando ter um bebê deixa de ser prioridade.

A ESCA é responsável em média, por 10,  15% do total de casais inférteis.
Essa infertilidade "irreal", que teoricamente não existe,  mas que se faz tão presente na falta de sucesso, gera no minimo um sentimento de frustração e total impotência. Como lidar com a impossibilidade de consertar algo que não funciona, mas que também não apresenta "defeitos" ?

Então não há o que ser feito ?

O bom senso do médico nesse momento é muito importante, eu diria crucial, afinal, quem está preparada para simplesmente desistir ? 
Seria mesmo mais fácil desistir, abrir mão, adotar  um cachorro e se distrair. Essa mudança de foco muitas vezes resolve a questão e tudo fica mais fácil. 
Mas se o médico, o cara que supostamente, estudou para resolver todos os nossos problemas de saúde (fantasia de todas  nós) disser, "Não tem nada a ser feito", pode ser que você pire e nunca mais encontre seu eixo. 
E na verdade há sim o que ser feito. Não há o que ser tratado, mas muitas alternativas para buscar a solução para sua dificuldade. 
Dar uma forcinha à natureza é o mais indicado. O tipo de tratamento deve variar de acordo com a idade do casal, principalmente da mulher.
O médico pode optar por tratamentos mais simples, conservadores e não menos eficazes . O coito programado é um destes métodos, e pode ser bastante útil.  
Se a mulher já tiver uma idade avançada, o melhor mesmo é não esperar muito e partir para um tratamento com maior chance de êxito. IA ( inseminação Artificial) e FIV ( fertilização in vitro) são as melhores opções nesses casos.

Para as amigas que hoje passam por isso, tenham em mente que a ciência avança com uma impressionante velocidade, e o que hoje não pode ser diagnosticado, amanhã pode ser de fácil solução. 
A vilã da grande maioria desses casos é a ansiedade. Cuide do emocional, busque algo que te ajude a driblar essa inimiga tão ferrenha. Animais são excelentes companheiros nesses momentos. Só não vale se desfazer do bichinho quando engravidar, seu filho já terá um companheiro pra toda vida a sua espera.
Dicas para driblar a ansiedade não faltam aqui no blog. 
Claro que não é fácil e nem tudo funciona para todas. Mas é importante tentar se ajudar, ninguém melhor que você para saber o que pode funcionar no seu caso. 
Veja aqui Porque a ansiedade te atrapalha a engravidar, e descubra como se livrar dela.

Pé no chão e esperança no coração !

Tatiana da Costa 


Compartilhar:

Um comentário:

  1. Bom dia!!! Estou sem proteção desde julho, quero engravidar e estou com 43 anos, ja tive uma filha que hoje está com 16 anos. Nesse ciclo eu comecei conforme explicações aqui do blog e com autorização médica (minha go disse que tudo que estava no blog só poderia me ajudar) aos recursos naturais...nesse meu ciclo no primeiro dia tomei capsulas de prímula e cártamo, até a data 'provável' da tal ovulação, no 11º dia parei com as duas capsulas ditas anteriormente e estou tomando até hj dia 15 o elixir de inahame , todos os dias pela manhã (últimos 5 estou comendo duas fatias de abacaxi) e tomo uma xícara de chá verde (em pó) todos os dias....acho que todos os meios naturais estou fazendo uso (moderadamente) no entanto estou 'seca' sem nenhum sinal de muco, desde julho eu acomapnhop o meu ciclo dia após dia e vejo que ele é de 23 dias, estaria no período fértil, mas sem nada de muco é possível ter período fertil? Tenho todos os sintomas em todos os ciclos, pois sinto cólicas como se fosse da ovulação, ,meus seios ficam para estourar, tenho dosi dias antes da menstuação descer uma leve dor na cabeça , minha menstruação dura por 5 dias....enfim tudo parece funcionar só não tenho a a presença de nenhum dos tipos de muco. Podes me ajudar Tati? Usei implanon por 12 anos e o retirei em junho; Obrigada e abraços!

    ResponderExcluir