quinta-feira, abril 21, 2011

Primeiras semanas de gestação










Esse vídeo feito belo site Baby Center, mostra tudo o que ocorre dentro de você e com o seu bebê, desde o momento em que o óvulo apos ser fecundado se encaminha para o útero. Fica fácil de entender como tudo funciona. Muitas mamães me dizem que gostariam de saber o que está acontecendo dentro delas naquele momento..... agora já da para saber ....espero que gostem.
São as primeiras nove semanas de gestação.


1ª semana


A temperatura média corporal está 1º C acima do normal, pois é o período da ovulação. O ovário libera um óvulo que é fecundado pelo espermatozóide. De 3 a 7 dias após esta fecundação, o zigoto (nome dato ao óvulo + espermatozóide) viajará através da trompa de falópio até o útero, onde começa a formação da placenta. A partir daqui começa a contagem da idade do feto. Podem ocorrer sangramentos normais (se forem leves) que representará o ovo se infiltrando no endométrio (camada interna do útero).

4ª semana


O embrião em desenvolvimento tem 3 membranas celulares. Na membrana superior (ectoderma), forma-se o tubo neural, que posteriormente se transformará no sistema nervoso (cérebro, medula espinhal), pele, pelos e cabelos, lentes do olho, revestimento dos ouvidos interno e externo, nariz, seios da face, boca, ânus, esmalte dos dentes, hipófise e glândulas mamárias. Na membrana do meio (mesoderma), o coração e o sistema circulatório, os pulmões, ossos, músculos, tecido linfático, baço, sistema excretor (rins e ureteres) e órgãos reprodutivos vão se formar. Nesse estágio, entretanto, o coração e o sistema circulatório se desenvolvem muito mais rapidamente. Na verdade, o sistema circulatório é o primeiro a funcionar. Na membrana inferior (endoderma), um tubo simples vai se formar dando origem aos intestinos, fígado, pâncreas e bexiga.
No início desta fase o embrião tem a forma de um "disco" e mede cerca de 0,4 mm; no final da mesma ele tem a forma de uma "sola de sapato" (a região da cabeça é mais larga e maior que a região da cauda) e mede em torno de 2,5 mm. Vasos sanguíneos secundários aparecem na superfície externa do envoltório embrionário (saco coriônico), que está literalmente imerso no revestimento uterino, dando seqüência à formação da futura placenta.

6ª semana


Agora mede entre 2 e 4mm. Nesta fase já se pode ver o coração bater através da ultra-sonografia, embora seja apenas um tubo minúsculo.
O embrião apresenta uma espécie de cauda, que o torna nada aparente com a forma humana.


Começa a se sentir mais sonolenta e cansada. Os seios pesam e ela começa a apresentar enjôos e náuseas. Deve tomar cuidado com a alimentação tanto no que diz respeito à quantidade quanto à qualidade.
O ideal é que você consuma mais alimentos ricos em vitaminas, sais minerais e proteínas, evitando carboidratos. Produtos enlatados, doces e massas podem causar gases e queimação no estômago, sendo assim, evite-os também. Nesta fase, você vai ter desejos por alguns alimentos e repulsa por outros, chamamos isso de malácia. E o mais importante: beba muita água, pois além de hidratar o organismo, ela provoca urina excessiva que acaba por liberar toxinas do seu corpo. Bastante leite também é aconselhável. Cuide da hidratação da sua pele desde já para evitar estrias, mas nunca use cremes com ácido retinóico.

9ª semana


No início desta semana o bebê mede cerca de 15-16 mm. As primeiras ondas cerebrais são detectadas. A estrutura básica dos olhos já está bem adiantada, porém ainda situados de cada lado da cabeça do embrião. As aberturas nasais e a ponta do nariz estão completamente formadas. Os intestinos começam a sair do cordão umbilical e penetram no interior do abdome, enquanto o corpo cresce. Os dedos das mãos, incluindo o polegar, já apareceram, mas ainda são curtos e acolados. Os ossos e cartilagens continuam a se desenvolver. No final desta semana, o embrião mede cerca de 20 mm e pesa cerca de 1,0 g. O coração está completamente formado; o diafragma separa o tórax do abdome. Algumas glândulas já começam a funcionar (hipófise, adrenais). A placenta substitui o corpo lúteo na produção de progesterona.
A pele torna-se mais lisa e os cabelos mais oleosos, devido ao valor máximo do HCG, hormônio da gravidez. Seus seios estão bem maiores nesta época, por isso, não deixe de lado a hidratação e os exercícios para desenvolver os mamilos. A partir daqui, você poderá ter algumas tonturas passageiras comuns a todas as mamães. As náuseas ainda são presentes e sua gengiva ainda está muito sensível por isso, procure seu dentista para descartar a possibilidade de uma gengivite. Uma boa dica para acabar com o excesso de salivação, caso ainda ocorra, é alimentar-se de 2 em 2 horas e, entre estas refeições, comer alguma fruta cítrica.



Pé no chão e esperança no coração !


Tatiana Costa

Compartilhar: